O PENTECOSTES E A MULHER

“E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão (...)”
 
Joel 2:28.

No Pentecostes o Santo dos Santos foi francamente aberto às mulheres e a religião libertou-se da idéia da superioridade masculina (At 1:14; 2:1,4,17). A promessa do Pai, o derramamento do Espírito, veio sobre os filhos e as filhas, sobre os servos e as servas.

Quando o Espírito foi derramado, havia entre o grupo várias mulheres. Elas não foram discriminadas. Elas não foram excluídas. Elas foram também revestidas de poder. O Pentecostes ressalta a dignidade que Deus sempre deu à mulher. Ao longo dos séculos a mulher foi espoliada de seus direitos, foi aviltada em sua honra e foi roubada de sua dignidade como pessoa. Um sistema opressor foi achatando a mulher e ela, em muitos contextos, perdeu sua identidade, seu valor, sua voz.

Em Cristo, homem e mulher são um, têm os mesmos direitos e as mesmas responsabilidades (Gl 3:28). Tanto o homem como a mulher são herdeiros da mesma graça de vida (1 Pe 3:7). O Pentecostes veio para ressaltar essa verdade de forma gloriosa.

Ore
Altíssimo, o Pentecostes veio para dizer que as mulheres podem e devem ser cheias do Espírito, para exercer um glorioso trabalho em Teu Reino. Usa-as, pois! Por Cristo, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT