O ESPÍRITO SANTO E O PERDÃO

“E, vindo, evangelizou paz a vós outros [...] porque, por Ele, ambos temos acesso ao Pai em um Espírito.”
 Efésios 2:17a,18.

A agenda missionária da Igreja passaria inevitavelmente por Samaria. Havia abismos tenebrosos nos relacionamentos entre judeus e samaritanos. Eles se consideravam inimigos irreconciliáveis. Havia uma ferida aberta e uma animosidade imensa entre esses dois povos. Os samaritanos eram um povo mestiço, meio hebreu e meio gentio. Eles não acreditavam no Antigo Testamento como Palavra inspirada de Deus.

Eles tinham outra religião, outra fé, outra maneira de adorar a Deus. Quando um judeu se casava com uma jovem samaritana sua família o deserdava e realizava simbolicamente o seu enterro.

Mas, quando a Igreja recebe o poder do Espírito Santo, as mágoas são curadas, o perdão é oferecido e o Evangelho triunfa. Precisamos do poder do Espírito Santo para perdoarmos uns aos outros. Precisamos do poder do Espírito Santo para não armazenar mágoas e ranços nos nossos corações. Onde o Espírito de Deus está governando aí prevalece o amor e o perdão.

Ore
Deus de amor, que eu seja instado pelo Teu Espírito Santo a liberar perdão aos meus ofensores e, assim, cumprirei com a Tua vontade para minha vida. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT