JESUS, O MESTRE DOS MESTRES

“Maravilhavam-se da Sua doutrina, porque os ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.”
Marcos 1:22.

Jesus disse aos discípulos: “Vós Me chamais Mestre e Senhor e dizeis bem, porque Eu o Sou”. Jesus foi chamado de Mestre por Seus seguidores e inimigos. A história está repleta de mestres que encheram bibliotecas com a sua erudição, mas nenhum deles transformou a história como Jesus. Ele falava e fazia. Ele tinha palavra e poder. Ele era homem e ao mesmo tempo Deus. Jesus foi o Mestre por excelência por causa de seus métodos.

Ele usou variados métodos e múltiplos recursos. Ninguém jamais falou como Ele. Suas palavras traziam luz para a mente e deleite para o coração. Jesus foi o Mestre incomparável por causa da natureza do seu ensino. Ele não foi um alfaiate do efêmero, mas o escultor do eterno. Ele tratou das questões da alma, da salvação, da eternidade. Ele não foi apenas o maior de todos os mestres, Ele é também o maior de todos os exemplos. Nenhum erro se achou em Sua boca. Pilatos antes de condená-Lo confessou que não encontrou nEle crime algum. Sua vida foi a referência do Seu ensino.

Ore
Senhor, assim como Jesus, desejo respaldar a Tua santa Palavra com as minhas atitudes e caráter. Quero mais do que simplesmente conhecer sobre Ti, preciso andar contigo. Em Cristo, amém.

Pense
Jesus foi o Mestre por excelência pela grandeza do Seu caráter.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL