JESUS, O FILHO DE DEUS

“E eis uma voz dos Céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem Me comprazo.”
Mateus 3:17.

Maria era uma jovem pobre, casada com um homem pobre, vivendo na pobre cidade de Nazaré. Um dia o anjo Gabriel anunciou-lhe que ela seria a mãe do Salvador. O Espírito Santo desceria sobre ela e Maria seria a mãe do Filho de Deus. Jesus não deixou de ser Deus ao Se fazer homem. Aquele bebê que nasceu em Belém, num humilde berço de palha era o Filho do Altíssimo.

Jesus é o Filho de Deus porque é um com o Pai. Ele é coigual, coeterno e consubstancial com o Pai. Quem vê a Jesus vê o Pai. Ele é a expressa imagem de Deus. Ele e o Pai são um. A encarnação do Filho de Deus é um glorioso mistério. AquEle que não pode ser contido nem pelo Céu dos céus, esvaziou-Se, tornou-Se um bebê, enfaixado em panos. Jesus Cristo cresceu em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens. Ele foi perfeitamente homem sem deixar de ser perfeitamente Deus. O Senhor Jesus é Deus-Homem, o mediador entre Deus e os homens, o Caminho para Deus, a porta do Céu.

Ore
Deus, apesar do mistério da encarnação, acredito que Jesus Cristo é o teu Unigênito. Também creio na divindade do Messias, o Deus-Homem e o único elo entre mim e Ti. Em Jesus, amém.

Pense
Em Jesus habitou corporalmente toda a plenitude da divindade.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT