A IGREJA E MISSÕES - Evangelizando os Wajãpi

Anápolis, 21 de outubro de 2010.
 

Queridos irmãos co-participantes no nosso ministério.

“De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.” Hb 13:5b.
“E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” Mt 28:20b.

Neste ano tudo mudou para nós, mas usufruímos das promessas especiais do Senhor como as que citei acima.  Passamos 2 meses no Amapá, mais de 5 em Minas, e algum tempo em S. Paulo para visitarmos Igrejas e ministrarmos uma semana de curso intensivo na APMT. Só agora completamos 6 semanas passadas aqui em Anápolis.

Creio que todos souberam que meu pai faleceu há um mês atrás, três semanas após termos retornado para Anápolis. Quero agradecer pela solidariedade e orações por nós neste tempo. Deus nos tem confortado nesta separação.

Em Minas pudemos pregar várias vezes em diferentes igrejas, trabalhamos com revisão de materiais no idioma Wajãpi e evangelizamos algumas pessoas, uma inclusive que foi marcada pelo testemunho do meu pai e tinha desejo de entender mais a Bíblia. Após alguns estudos bíblicos, no último ela veio com seu esposo e ambos entenderam o Evangelho e manifestaram sua fé em Jesus.

No mês passado participei do Fórum de Uso das Escrituras em Linguas Maternas aqui no Seminário. O Fórum foi muito abençoado e proveitoso, promovido pelo CONPLEI, SIL, DAI- AMTB com cooperação de outras agências. Cerca de 160 participantes indígenas de 57 etnias inclusive de outros países: um do Peru e dois da etnia Konkomba de Gana África estavam presentes além de muitos missionários. Três Wajãpi também participaram e vibraram de ver tantos “parentes” (pessoas de outras etnias) que são irmãos em Cristo.  Participei  falando sobre idéias práticas de uso das Escrituras.

Nos últimos anos cuidávamos do meu pai, corríamos para o campo para realizar o trabalho e retornávamos para ver as coisas aqui e ficar novo período com ele. Agora a situação é outra. Estou cuidando de alguns assuntos que tenho de deixar bem acertados para podermos ir por mais tempo ao campo missionário.  Por enquanto não  temos residência ali e não estamos nos mudando de uma vez, vamos avaliar como será a readaptação ao clima do norte por um período maior, devido as condições de saúde da Eldna  e minha também. Com certeza Deus nos orientará. 

Estou passando por uma fase especial na saúde; ultimamente andei fazendo coisas anormais desde a viagem de volta de Minas. Ando esquecido demais com lapsos ou retardamento da memória; peguei multas no trânsito por absoluta distração, bati no carro do vizinho aqui em frente de casa, etc, etc. Consultei o médico fiz exames (eletroencefalograma digital e mapeamento cerebral) e constatou que a distribuição de serotonina no cérebro está bem afetada deixando-me com certo grau de depressão.  O médico recomendou que moderasse  as atividades e evitar situações desgastantes ou estressantes, além de outros conselhos. Me passou um tratamento de 30 dias e marcou para voltar para reavaliação.

Orem por Isaque, um jovem ao qual estou evangelizando e está bem sedento da Palavra. Que ele possa confiar em Deus para se libertar do vicio.

Estou fechando a livraria e quero deixar alguém responsável por vendas pela internet. A Missão Novas Tribos que era co-editora da Transcultural deverá assumir o material dela depois de organizar suas notas fiscais mas talvez a transcultural continue atendendo os fregueses até isso acontecer…  Só não quero deixar nada para trás que me preocupe indo para o Amapá.

Falando no Amapá, temos boas notícias sobre a construção da primeira casa na sub-base missionária.  A equipe conseguiu dois lotes na última vila e está sendo construída a primeira casa um poço, fossa sanitária, ou seja o básico da infra-estrutura necessária para atendermos alguns waiãpi ali. Orem por este projeto. Precisa-se solicitar energia elétrica, um local para hospedagem e ensino aos indígenas, etc.

Em Cristo, Senhor e modelo nosso,
Missionários Silas e Eldna
(sillas.lima7@gmail.com).


Fonte: APMT.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT