IPB EM FOCO - Mackenzie 140 anos

Trazer à memória de todos os presentes um pouco da história do Instituto Presbiteriano Mackenzie e render graças ao Senhor por tudo quanto Ele já fez e pode fazer pela instituição. Este foi o tema da pregação do reverendo Roberto Brasileiro, presidente do Supremo Concílio da IPB, no culto em comemoração ao aniversário de 140 anos da instituição, realizado na última segunda-feira, dia 18/10/10,  no auditório Ruy Barbosa.

“Não há lógica humana que explique a existência do Mackenzie. O Mackenzie é fruto da misericórdia de Deus”, disse o pregador, numa menção aos tempos difíceis que o Instituto já enfrentou no passado.

A solenidade teve início às 20 horas. A abertura foi realizada pelo reverendo Augustus Nicodemus, chanceler do Mackenzie. “Este é um culto solene cujo único objetivo é rendermos graças a Deus por mais este aniversário da nossa Instituição”, disse ele.

Durante a pregação, o reverendo Roberto Brasileiro, que pregou com base no texto bíblico localizado em Deuteronômio 8,  destacou a importância do compromisso cristão da Instituição e exortou os que trabalham no Mackenzie a darem real testemunho. “Temos que pautar nossas vidas baseados nos mandamentos de Deus. Nós, como Mackenzie, temos que honrar aqueles que estão postos como autoridades, respeitar as famílias, sermos fiéis à Palavra, darmos bons testemunhos e não sermos motivados pela inveja”, alertou o ministro.

Brasileiro aproveitou a ocasião para mencionar alguns planos para o futuro do Mackenzie. “Estamos olhando para os 150, 200 anos do Mackenzie. Quem sabe até lá nós já teremos um prédio da instituição no Rio de janeiro, outro em Brasília, Belo Horizonte... Que, ao contemplarmos essas conquistas que ainda estão por vir, nós tenhamos plena convicção de que toda honra e toda glória devem ser dadas a Deus. Que tudo que temos é bênção e graça de Deus”, concluiu.

Durante o culto solene, estiverem presentes representantes dos Sínodos de São Paulo, autoridades do Mackenzie, do Supremo Concílio da IPB, entre outras centenas de convidados. Destaque para a participação de um coral, com mais de 300 vozes, formados por membros de igrejas de São Paulo, que reuniram, especialmente, para cantar e louvar a Deus durante a celebração do aniversário do Mackenzie.

Fonte: IPB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT