FIEL NO POUCO, FIEL NO MUITO

"Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito." Lucas 16:10.

Quando pensamos nos casos terríveis de corrupção como os que estão sendo veiculados na mídia, nós não pensamos em nos comparar com os que participam deles.

No entanto, uma coisa que poucos percebem é que essas pessoas não começaram cometendo erros tão grandes, elas aprenderam cometendo pequenos deslizes que, por falta de disciplina, foram sendo assimilados como hábitos. Com o tempo, estes pequenos deslizes foram se repetindo e, à medida que não eram flagrados, iam aumentando tanto em valor como em audácia.

Jesus expõe nessa passagem do Evangelho um princípio da vida: aquilo que você começa pequeno crescerá com você. Ou seja, se você tiver um bom caráter nas pequenas coisas e tiver persistência para cultivá-lo, com o tempo, quando as suas responsabilidades e privilégios aumentarem, você ainda terá um bom caráter.

Mas se você abre mão de cultivar um caráter íntegro nas pequenas coisas, estará treinando para ser corrupto quando o poder e a influência estiverem à sua disposição. Falta de integridade (também!) é mentir no imposto de renda, fazer "gato", andar na contra-mão para não ter que ir até o próximo retorno, prometer e não cumprir, dormir até mais tarde e dizer que o trânsito é que estava ruim, faltar ao trabalho sem motivo e comprar um atestado médico, e por aí vai, com certeza você pode aumentar os exemplos.

Na tentativa de viver uma vida íntegra você enfrentará a barreira do deboche dos amigos que lhe apelidarão de "perfeitinho" e dirão constantemente que você é o trouxa da história, pois os "espertos" acabarão por aproveitar-se de você.

Mas a promessa de Jesus é que aquele que for fiel no pouco, sobre o muito será colocado (Mateus 25:23).

Oremos: "Senhor, ajuda-me a não negociar a minha integridade, de maneira que, desde as pequenas coisas, eu seja sal e luz do mundo."

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT