ALEGRIA NO SOFRIMENTO

“... alegrai-vos 
na medida em 
que sois coparticipantes dos sofrimentos de Cristo, para que 
também, na re
velação de sua 
glória, vos alegreis exultando.” 
1 Pedro 4:13.

A questão central não é se vamos ou não passar pelo sofrimento neste mundo, mas como vamos reagir. Devemos olhar para o sofrimento na perspectiva da recompensa que teremos na segunda vinda de Cristo. Em vez de tristeza, devemos nos alegrar. Agora, temos dor e lágrimas, mas no fim da jornada, quando Jesus voltar em glória, receberemos nossa recompensa. Caminhamos com os pés na Terra e o coração no Céu.

O cristão crê na soberania e no amor de Deus. Ele sabe que Deus está no controle da sua vida e trabalha para o seu bem. Quando as pessoas intentam o mal contra ele, Deus pode transformar esse mal em bem. Quando o sofrimento o encurrala, ele olha para Deus, entrega a sua causa ao Senhor e continua vivendo na prática das boas obras. O fogo do sofrimento em vez de nos destruir, apenas remove as nossas escórias. Assim como aconteceu com o nosso Senhor, também aprendemos pelas coisas que sofremos. A Bíblia diz que importa que por meio de muitas tribulações entremos no Reino de Deus (At 14:22).

Ore
Louvado e engrandecido seja o nome excelso do Senhor, pois até na angústia é possível desfrutar de sincera alegria em Ti! Em nome de Jesus. Amém.

Pense
Alegria na dor é possível quando se acredita que o sofrimento pode nos colocar mais perto de Deus.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL