O AMOR QUE CELEBRA


“Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.” 
Lucas 15:6b.

Nas três parábolas de Lucas 15 (da ovelha perdida, da dracma perdida e do filho perdido) encontramos o mesmo desfecho, a celebração festiva pelo encontro do que estava perdido. Há mais alegria por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove que pensam que não precisam de arrependimento (Lc 15:7). Há júbilo diante dos anjos de Deus por um só pecador que se arrepende (Lc 15:10). Há festa na casa do pai, quando o pródigo volta ao lar (Lc 15:23,24). Deus festeja e celebra a nossa volta para Ele. Que sublime o amor de Deus!

Você tem um valor infinito para Deus. O pastor perdeu uma ovelha dentre cem; a mulher uma dracma dentre dez e o pai, que tinha dois filhos, viu um abandonar o lar. O pastor não desistiu da ovelha. Ele foi atrás dela até encontrá-la. A mulher não se conformou em perder uma das moedas. Acendeu a candeia, varreu a casa até encontrá-la. O pai jamais desistiu de esperar o filho voltar para seus braços. Deus se importa com você. Ele ama você com amor eterno.

Ore
Deus, quero partilhar dessa mesma alegria que decorre da conversão de um único pecador em direção à cruz do teu Filho amado, Jesus Cristo, fora de Quem não há salvação. NEle eu peço.

Pense
Deus não cessa de procurar você para perdoá-lo e celebrar a sua volta!

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL