ILUSTRAÇÕES QUE EDIFICAM - O GAROTO, OS PREGOS E O MARTELO

Havia um garotinho que tinha um temperamento mau e sempre era grosseiro ao tratar as pessoas. Seu pai então  lhe deu um martelo e um saco cheio de pregos, e lhe disse que cada vez que perdesse a paciência que batesse um prego na cerca dos fundos da casa.

No primeiro dia o garoto havia pregado 37 pregos na cerca. Porém, gradativamente o número foi decrescendo. O garotinho descobriu que era mais fácil controlar seu gênio do que bater pregos na cerca. Finalmente chegou o dia, no qual o garoto não perdeu mais o controle sobre o seu gênio.

Ele contou isto a seu pai, que lhe sugeriu que tirasse um prego da cerca por cada dia que ele fosse capaz de controlar seu gênio. Os dias foram passando até que finalmente o garoto pôde contar a seu pai que não havia mais pregos a serem retirados. O pai pegou o garoto pela mão e o levou até a cerca. Ele disse:

"Você fez bem filho, mas dê uma olhada na cerca. A cerca nunca mais será a mesma. Quando você diz coisas irado, elas deixam uma cicatriz como esta. E mesmo que muitas vezes você diga que sente muito, a ferida continuará ali por um bom tempo, até que se feche e seja curada."


Uma ferida verbal dói tanto quanto uma física, talvez até muito mais, dependendo da situação. Se ferimos alguém, precisamos fazer a nossa parte para amenizar a dor do outro. Zelar para com as palavras que saem de nossa boca é sinal de quem possui sabedoria e maturidade.

JN.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT