HISTÓRIA DE HUMILHAÇÃO


“...a Si mesmo Se humilhou, tornando-Se obediente até à morte e morte de cruz” Filipenses 2:8.

Jesus ao descer da Sua glória excelsa e nascer num lar e numa cidade pobres demonstrou humildade. A estrebaria, a carpintaria e a Cruz sintetizam a profundidade de Sua humilhação.

O Verbo eterno e divino fez-Se carne. O Criador do universo deitou-Se numa manjedoura. O Rei das nações entrou no mundo para servir. O dono absoluto de todo o ouro e de toda prata, fez-Se pobre e não tinha nem mesmo onde reclinar a cabeça.

Jesus veio ao mundo como nosso representante e substituto. Ele veio para morrer. Foi por Sua morte que abriu para nós o novo e vivo caminho de reconciliação com o Pai. Foi por Sua morte que recebemos vida. Ele não veio ao mundo para ser um Rei político. Ele não entrou na história para perpetuar Seu nome como um realizador de milagres. Ele não entrou no tempo para ser um grande mestre da moral. Ele veio para morrer, e não como um mártir, mas como redentor. Ele morreu pelos nossos pecados e para nos dar a vida eterna.

Ore
Senhor, exaltado és pelo Teu Filho, pois sendo Ele exaltado pelos anjos foi escarnecido e espancado pelos homens. Tudo suportou e a Si mesmo se humilhou por amor a mim, pecador! Muito obrigado, Senhor! Em nome de Jesus, amém!

Pense
Sua encarnação, morte e sepultamento são estandartes de Sua humilhação.


Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL