DEUS EXORTA ATRAVÉS DO PROFETA OSÉIAS

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
3ª IPB de Barretos / SP
Reunião de Oração 27.07.10

Culto Vespertino 01.08.10 

"(...) converte-te a teu Deus, guarda o amor e o juízo e no teu Deus espera sempre." Oséias 12:6.

O livro do profeta Oséias é um livro de difícil explicação. Deus ordenou que o seu servo se casasse com uma mulher adúltera, exemplificando a união dEle com Israel. O povo de Deus estava andando longe do Senhor e por isso a todo tempo encontramos avisos de que o juízo viria, porque o Senhor jamais compactuou com o pecado deles.

Mas sabemos que havia também um remanescente fiel, um povo que temia a Deus e que se entristecia com os desvios e erros de seus irmãos. Por isso que encontramos textos muito conhecidos da Igreja, nos quais Deus se refere a estes fiéis, consolando-os, orientando-os e lhes dando esperança.

"Vinde, e tornemos para o SENHOR, porque ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará. Depois de dois dias, nos revigorará; ao terceiro dia, nos levantará, e viveremos diante dele. Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra." Os 6:1-3.

"Então, eu disse: semeai para vós outros em justiça, ceifai segundo a misericórdia; arai o campo de pousio; porque é tempo de buscar ao SENHOR, até que ele venha, e chova a justiça sobre vós." Os 10:12.

Particularmente no texto citado acima (12:6) encontramos 3 exortações de Deus àquele povo, e que servem de exortação para nós também, igreja do século XXI, e que se encontra tão diversificada. Semelhantemente àqueles dias, hoje também existe um povo infiel à Palavra de Deus, cometendo todo tipo de erros doutrinários, morais e éticos; mas existe um remanescente fiel, um povo que sofre ao ver a Igreja do Senhor caminhando tão distante da Palavra de Deus, um povo que se consagra a Deus e que espera a Sua vinda, a Sua cura.


1 – CONVERTE-TE AO TEU DEUS
A ordem de Deus é cabal: converta-se! Existe um “mistério” na conversão, algo que procede de Deus e que transforma o coração humano. Mas aqui a ordem de Deus é ao homem: converta-se! Não podemos falar aqui de eleição ou predestinação como muletas para vivermos uma vida alienada dos padrões e da vontade de Deus. As doutrinas servem de base e apoio para crermos na soberania de Deus e Seus propósitos, sem a eleição de Deus ninguém seria salvo. Mas o assunto aqui é outro, é a parte do homem, a nossa responsabilidade. Você ouviu a mensagem? Creu? Então converta-se.
 

Os desvios de Efraim eram notórios, portanto nada mais era necessário do que a conversão, isto é, a transformação de suas vidas através do arrependimento de seus pecados e da submissão ao Senhor e aos Seus mandamentos.
Não somos Deus para julgarmos as pessoas, mas o Senhor Jesus nos disse que uma árvore é conhecida por seus frutos. Partindo desse princípio entendemos que o crente verdadeiro vive uma vida de bom testemunho.
 

2 – GUARDA O AMOR E O JUÍZO  
Não basta conhecermos acerca do amor de Deus, é necessário compreendermos que Ele também é justiça. Ele é perdão, mas também é juízo. Ele fez o Céu e também fez o inferno. Portanto é necessário que pratiquemos e vivamos a dimensão do amor, mas não podemos nos esquecer jamais dos preceitos justos e retos do Senhor. Guardar o amor e a justiça é praticarmos estes critérios: amando, obedecendo, santificando-se. O povo de Deus havia se esquecido que Deus é misericordioso e justo, por isso estavam vivendo tão distante desses padrões estabelecidos por Ele. Algo muito semelhante ocorre hoje em dia em diversos setores da Igreja. É normal falar-se do amor, da misericórdia, e do poder de Deus em nosso benefício (resolução de problemas, curas, bênçãos, etc.), mas parece que muitos não crêem que existirá juízo final, castigo eterno dos pecadores, a santificação está em segundo plano, alguns pastores não pregam mais acerca do pecado (dizem eles: “irmão, deixa o Espírito Santo agir”). Numa observação mais aprofundada concluiremos que não se pode alienar amor de justiça, ambos estão ligados. Quem ama pratica a justiça, e a justiça que procede de Deus é exercida em amor, o maior exemplo dessa verdade é Jesus.

3 – NO TEU DEUS ESPERA SEMPRE  

Aquele remanescente fiel deveria esperar em Deus, Ele traria novos dias, Ele iria enviar a chuva serôdia, nEle e somente nEle estavam a esperança de cura, libertação e salvação. Assim também nós esperamos no Senhor. Aguardamos as Suas respostas às nossas preces, esperamos dias melhores, acreditamos e confiamos nossas vidas em Suas mãos, e acima de tudo, aguardamos o dia da nossa entrada triunfal nas mansões celestiais que o Senhor Jesus nos foi preparar (João 14:2,3). Jesus é a nossa esperança, e nessa esperança é que encontramos paz e tranqüilidade, apesar de qualquer prova ou situação que nos sobrevier. O povo de Deus jamais perde a esperança, porque a nossa esperança é eterna, nossa esperança não morre (1 Pedro 1:3).
 

Em uma de minhas visitas conheci uma irmã com câncer em fase terminal. Meus olhos se encheram de lágrimas quando ela me disse antes de orarmos: “Pastor eu já entreguei a minha vida ao Senhor, estou confiante nEle, apesar de que às vezes baqueio um pouco, é muita dor... Mas estou preparada, sei que Ele está comigo, e o louvo todos os dias.” Que fé, que confiança, que esperança!

CONCLUSÃO 

Observando a Igreja é fácil identificar aqueles que são prováveis não convertidos. Que Deus tenha misericórdia para que acordem enquanto há tempo. Façamos a nossa parte com amor, sempre apontando o Caminho certo aos perdidos, dando nosso testemunho fiel, e exortando aos que se encontram desviados da verdade.
 

Guardemos firmemente os preceitos do Senhor, observemos aos Seus mandamentos, sejamos fiéis à Sua santa doutrina. E jamais nos esqueçamos de amar: a Deus acima de todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos, e como Cristo nos amou.
 

Esperemos no Senhor, só Ele é a nossa esperança, fora dEle não somos nada, não temos segurança nenhuma, não temos paz. Mas nEle temos forças para vencer tudo que vier contra nós. Esperemos sempre no Senhor.

S.D.G.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL