A ARMA QUE VENCE O MAL

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” 
Romanos 12:21.


José do Egito sofreu amargas injustiças na sua própria casa. Ele foi vítima da inveja e do ódio dos seus irmãos. Eles tramaram contra ele para o matarem. Eles o jogaram numa cova profunda e taparam os seus ouvidos aos seus clamores. Eles o venderam como um escravo para uma terra distante. No Egito sofreu a trama ardilosa da mulher de Potifar que, levianamente o acusou de assédio sexual. Todas essas adversidades não puderam azedar o coração de José.

A fome chegou à casa de Jacó e os irmãos de José desceram ao Egito para comprar alimento. José reconhece os seus irmãos e depois de prová-los abre-lhes seu coração. Eles temem a vingança, mas José devota-lhes amor.

O crime deles ficou exposto, mas José lhes diz que o que eles fizeram por mal, Deus o transformou em bem. José nos ensina que devemos pagar o mal com o bem e que devemos perdoar aqueles que nos fazem o mal, sabendo que Deus está no controle de todos os acontecimentos da nossa vida.

Ore
Pai, só a força do bem pode subjugar as hostes do mal. É dessa maneira que desejo vencer os meus adversários, amando e perdoando. Elevo a Ti a minha oração, pois Tu estás no controle. Por Jesus, amém.

Pense
Alimentar e perpetuar rancor no seu coração não vai diminuir o sofrimento pelo qual você passou.


Cada dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL