TRÊS VERDADES BÁSICAS ACERCA DO SERVIÇO CRISTÃO

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
3ª IPB de Barretos / SP
Estudo Bíblico 03.06.10


Entendemos que o serviço cristão implica em pelo menos 3 verdades básicas na vida cristã:

1 – Servir ao Senhor é essencialmente obedecê-Lo. 

E obedecê-Lo é o cumprimento de Sua palavra, Seus mandamentos, fazer Sua vontade. Servir ao Senhor não é ativismo mas obediência, pois podemos estar muito ocupados, inclusive com a obra de Deus, e no entanto permanecermos numa atitude constante de desobediência a Ele, um desserviço, uma deslealdade. Somos alertados em Mateus 7:21-23 "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade."

2 – Jesus é o nosso exemplo máximo de Servo. Ele é chamado de "o Servo sofredor", Suas atitudes provam isso. Ele estava tão disposto a obedecer a vontade de Deus que orou em Marcos 14:36b "contudo, não seja o que eu quero, e sim o que Tu queres", e Ele foi obediente até a morte e morte de cruz - Fp 2:8. Hoje em dia muitos cristãos desejam ir para o Céu mas não querem fazer essa oração. Ver também Mateus 20:25-28 onde Jesus nos diz que Ele mesmo não veio para ser servido mas para servir e dar a Sua vida em resgate de muitos. Se Ele, sendo o próprio Filho Unigênito de Deus não se deteve e serviu, quem somos nós para não servirmos? Seguindo o exemplo deixado por Ele aprenderemos também como servir: com determinação, abnegação, paciência, perseverança, esforço, dedicação, e acima de tudo AMOR. Sem amor, todo o trabalho perde o seu valor, o serviço cristão deixa de ser prazeroso e passa a ser um fardo demasiadamente pesado. Mas com o amor de Deus fluindo em nós e através de nós, o serviço cristão passa a ser fonte de vida para todos aqueles que se dedicam.

3 – Servir ao Senhor é também servir ao meu próximo. A minha disposição de amar e servir a Cristo se revela na mesma disposição em amar e servir ao meu próximo, isso fica claro nos sermões de Jesus quando ele pregou a parábola do Bom Samaritano em Lucas 10:29-37 respondendo a indagação "quem é o meu próximo?"; e também em Mateus 25:31-46 na mensagem sobre o juízo final. Não posso servir a Deus se não me dispuser a servir meus irmãos. A Bíblia nos ordena a prática do amor uns aos outros através do serviço. Novamente ser servo é basicamente cumprir o que a Bíblia manda quando trata da comunhão cristã: respeito, amor, perdão, humildade, ajuda em todos os sentidos. Foi esse o exemplo de Jesus quando lavou os pés dos discípulos, e Ele mesmo disse: João 13:14 "Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros." Paulo escrevendo aos Gálatas também frisou essa realidade: Gl 5:13b "...sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor." Gl 6:2 "Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo."

Sirvamos, pois assim cumpriremos a vontade de Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL