O CUSTO DA GRAÇA

"Pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo.
"  
1 Pedro 1:19
.

Tudo tem o seu preço. É bom procurar muito antes de comprar, sempre é possível encontrar um preço mais em conta, e nunca esquecer de que nem tudo que é caro é, necessariamente, melhor. Mas quando se trata, não de bens de consumo, e sim da fé e da vida, é melhor não pechinchar, porque o preço é alto mesmo.

A graça não é de graça. Nós não pagamos nada para recebê-la. Nem poderíamos, do contrário, deixaria de ser graça. É um favor divinal, por isso, não podemos comprá-la. Muito menos fazer qualquer tipo de barganha, como se pudéssemos chamar a atenção de Deus por meio de nossos esforços.

Mas a graça custou caro. "Fostes comprados por preço, pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo" (1 Pe 1:19). Sua dor moral e física foi sofrida na carne e no Espírito. Por isso, é bom não desprezar a graça, ou torná-la barata. Ela teve um alto preço e o único capaz de pagá-lo foi o próprio Deus, na pessoa de Cristo.

Ore
Pai, que saibamos sempre valorizar a Tua bondade, que foi capaz de não poupar o Teu próprio Filho, por Quem, agora, podemos desfrutar do Teu grande amor. NEle. Amém.

Pense
A graça custou muito caro para o nosso Deus.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL