A AUTO-ESTIMA NO LUGAR CERTO

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
3ª IPB de Barretos / SP
Pastoral - 26.06.10
EBD Classe Heróis da Fé - 27.06; 04.07.10

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Marcos 12:31a.

Normalmente ao lermos o tão conhecido versículo acima, damos muita atenção ao mandamento que Jesus ensinou que é o amor ao próximo, mas quase sempre nos esquecemos que aqui também está contida uma outra lição: o amor a si mesmo. Aliás, esse é o ponto de partida para a prática correta do amor ao próximo: amarás o teu próximo como amas a ti mesmo. Se por um lado não devemos negligenciar o mandamento do amor ao próximo, por outro lado também não podemos deixar de saber que precisamos nos amar a nós mesmos. Se o excesso desse amor próprio é o causador do egoísmo e da idolatria do “eu”, a ausência desse amor tem causado a baixa auto-estima em muita gente. São pessoas que não acreditam em seu potencial, vivem entrincheiradas, aprisionadas, trancafiadas no quarto escuro da alma, estão sempre com pena de si mesmos ou reclamando de alguma coisa. Nessa caverna psicológica eles sofrem, gemem, choram, invejam, odeiam a outros e a si mesmos, desprezam suas virtudes e qualidades, não conseguem enxergar as bênçãos que tem recebido do Senhor e chegam até a duvidar do amor de Deus.

ENGANOS DA ALMA
Curioso é que geralmente essa auto-comiseração tem um disfarce muito sutil, e que engana a própria pessoa: a falsa humildade. Na verdade esses sentimentos não são, nem de longe, sinais da humildade, e sim do orgulho. Por isso que a falta de amor-próprio é pecado. Num efeito contrário, esse tipo de orgulho disfarçado, gera pena, dó de si mesmo: “coitadinho de mim, sempre sou criticado, zombado, sou feio, sempre levo a pior, ninguém gosta de mim, etc.”

O CAMINHO DA CURA DA BAIXA AUTO-ESTIMA
1 - Decida dar um basta nisso tudo! O filho pródigo, quando "caiu em si", decidiu retornar para os braços de seu pai - Lc 15:17; 1 Ts 4:8.

2 - Busque o arrependimento , confesse , peça perdão a Deus por seus pecados: orgulho, ingratidão, auto-comiseração, descontrole, ira, amargura, etc., e tudo mais que você sabe que precisa se arrepender.

3 - Peça a Ele que cure suas emoções e coloque os seus sentimentos no lugar certo. Clame de coração, e Ele te atenderá (Jr 29:13).            

4- Aceite-se como você é, valorize suas virtudes e lute para superar seus traumas e defeitos, através perdão e da graça do Senhor, e ser transformado por Ele.

5- Santifique-se, sem a santificação ninguém verá o Senhor (Hb 12:14).

6- Agradeça sempre a Deus por TUDO. Enumere as bênçãos, “em tudo dai graças” (1 Ts 5:18). 5- Cante sempre hinos e louvores de gratidão e adoração a Deus.

7- Cultive uma vida de oração e leitura da Bíblia, a revelação de Deus para a sua vida.

8- Não fique “flertando” com os pensamentos de derrota, tristeza e auto-piedade, “resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tg 4:7).

Para cumprir os mandamentos do Senhor necessitamos passar por um tratamento da alma, um acerto das emoções e dos sentimentos, onde o Senhor nos ensinará a termos uma saudável e correta auto-estima, nem a mais e nem a menos, “nem 8 e nem 80”.

Assim teremos uma boa imagem de nós mesmos, não nos veremos nem como pessoas super-especiais, melhores do que os outros; e também não nos sentiremos como seres desprezíveis, sem valor algum. Aprendemos a nos ver como Deus nos vê, através de Jesus e de Seu sangue.

Que Deus te dê uma ótima semana.


S.D.G.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL