A ORAÇÃO

3ª IPB de Barretos
Material utilizado nas Reuniões de Oração às terças-feiras


“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.”  Filipenses 4:6.

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES
Como filho de Deus, você precisa conversar com seu Pai Celestial. Mesmo sentindo que não sabe falar com Ele, ou, não sentindo vontade de falar com Ele, ORE! Ele terá prazer em ouvir e responder. O Espírito Santo lhe ajudará a orar como convém (Romanos 8:26).
- Ore sozinho, diretamente ao Pai. Faça seu culto pessoal diário (Mateus 6:6).
- Ore na Igreja e nas reuniões, com os irmãos (Mateus 18:20; Marcos 11:17).
- Ore em todo tempo, no trabalho, andando, viajando, etc. (1 Tessalonicenses 5:17).

ALGUNS EMPECILHOS À ORAÇÃO
1 – Egoísmo – pedir por vaidade (Mateus 20:21-22; Tiago 4:3).
2 – Pecado – escondido e agasalhado no coração (Isaías 59:1,2).
3 – Discórdia – falta de perdão (Mateus 5:23,24; 6:12-15).
4 – Incredulidade – falta de fé. Se não cremos, por que orar? (Tiago 1:6,7).

ALGUNS INGREDIENTES IMPORTANTES À ORAÇÃO 

O mais comum é enchermos nossas orações de pedidos. Mas vejamos outros assuntos importantes para conversarmos como Pai.
1 – Confissão dos pecados – não vamos tentar esconder nada de Deus, pois Ele tudo vê. Peça perdão e diga para Ele se fracassou, e onde precisa ser ajudado, diante das tentações (Jó 34:21; Eclesiastes 11:9).
2 – Adoração – exaltação à grandeza de Deus. É quando dizemos para Deus que nós O amamos pelo que Ele é, e não simplesmente pelo que Ele faz (Isaías 6:3).
3 – Louvor – ação de graças. Este sim, é o reconhecimento por Suas obras, na natureza e em nossas vidas, etc. Devemos louvá-Lo até pelas dores, pedras e espinhos do caminho, pois eles têm um bom propósito na vida do cristão, que é a purificação de nossas vidas e fortalecimento de nossa fé (1 Tessalonicenses 5:18).
4 – Intercessão – orar por si mesmo, por sua família, pela Igreja, por sua cidade, pelo Brasil, etc. (1 Timóteo 2:1; Tiago 5:16).
5 – Pedidos pessoais – todos nós carecemos constantemente da ajuda de nosso Deus, por isso a Bíblia nos admoesta a estarmos sempre na presença do Senhor (Mateus 7:7; 1 Pedro 5:5).
6 – IMPORTANTE: orar somente EM NOME DE JESUS – não existe nenhum outro mediador entre o homem e Deus, senão Jesus Cristo. E para pedirmos em nome de Jesus não precisamos de nenhum outro “acessor” ou “secretários” no Céu. Não existe isso na Bíblia, ela nos manda só clamarmos EM NOME DE JESUS (João 14:14; 16:24; Hebreus 10:19;22).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL